Dia do jornalismo de impacto

16 de junho: Dia do Jornalismo de Impacto, em inglês, Impact Journalism Day. 50 entre os mais reconhecidos veículos de mídia internacionais se uniram para publicar 60 histórias positivas, como nós do Muda Tudo fazemos todos os dias! 60 histórias sobre iniciativas que estão mudando o mundo ganharam espaço em veículos de mídia gigantes, como o jornal francês Le Figaro, o argentino La Nación, o espanhol El Pais ….. O jornal que representa o Impact Journalism Day no Brasil é a Folha de São Paulo (isso porque somente um meio de comunicação é aceito por país, com exceção de lugares como a Suiça, onde são falados mais de um idioma).

Dia do jornalismo de impacto
Esta é a sexta edição do Impact Journalism Day, uma iniciativa criada pelo grupo Spark News. A meta é atingir cerca de 150 milhões de pessoas, pois o grupo, assim como nós, acredita que espalhar histórias positivas, ou melhor, construtivas, é o primeiro passo para mudar tudo! 400 histórias sobre projetos impactantes já foram escritas, desde a criação do projeto, pelo francês Christian de Boisredon.

Dia do jornalismo de impacto, criado por Christian de Boisredon Foto: Spark News
Christian de Boisredon Foto: Spark News
 Em 1988, aos 24 anos, Christian, junto a dois amigos, realizaram uma viagem de volta ao mundo buscando o que nós chamamos de “mudadores”. A viagem rendeu um livro. Em 2003, diante do sucesso do livro, Christian criou a Associação Repórteres da Esperança e, quatro anos depois, lançou o Lides des Solutions, o primeiro editorial dedicado a soluções, no jornal francês Liberation. Foi mais uma vez um sucesso. Em 2012, ele dedicidiu levar o conceito mais adiante, e fundou o Spark News, unindo veículos de comunicação de diversas partes do mundo para fazer com que, juntos, divulgassem histórias positivas no mesmo dia, em um suplemento dedicado a isso.

No ano passado, uma das histórias escolhidas foi a da Favela Orgânica, do Morro da Babilônia, em Copacabana, zona sul do Rio. O projeto, criado por Regina Tcheli, ensina pessoas a aproveitarem alimentos que muitas vezes são descartados em feiras livres na cidade. Para se ter ideia do tamanho do desperdício, somente em um dia, no Brasil, cerca de 40 mil toneladas de alimentos são desperdiçadas. Regina, que é da Paraíba, ficou impressionada quando chegou ao Rio como alimentos, ainda em bom estado para serem consumidos, eram jogados fora. Moradora da Babilônia, ela passou a ensinar as pessoas a aproveitarem melhor os alimentos e evitar o desperdício. Foi um sucesso!

E que venham muitas histórias inspiradoras! Por que nós estamos aqui para contar cada uma delas! Não só hoje, dia do jornalismo de impacto, mas todos os dias!

Dia do jornalismo de Impacto de 2017: Regina Tcheli, do projeto Favela Orgânica Foto: Facebook do Favela Orgânica
Dia do jornalismo de Impacto de 2017: Regina Tcheli, do projeto Favela Orgânica Foto: Facebook do Favela Orgânica
 Veja ainda no Muda Tudo:

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar