Loja de roupas gratuita empodera moradores de rua

Só quem já sofreu na pele com o abandono sabe como a vida é dura para os moradores de rua. Foi por isso que a ex-sem-teto Jaqueline Soares Lopes, tirada da rua pela família adotiva de sua irmã gêmea, criou a loja Re Solidário.

Localizada em Santa Catarina, ela conta com mais de 2.500 peças doadas e que passam a ser escolhidas pelos moradores de rua.

Moradores em situação de rua fazem compras na loja de roupas usadas Re Solidário
Moradores em situação de rua fazem compras na loja de roupas usadas Re Solidário. Foto: reprodução.

É esse empoderamento o grande diferencial da iniciativa, criada por Jaqueline como trabalho de conclusão do curso de moda. Ao chegar na loja, o morador de rua faz às vezes de cliente, recebendo um vale fictício de R$ 50 para gastar com as roupas que mais gostar.

Tendo acesso a roupas lavadas, passadas e separadas por tamanho e categoria, ele sente-se como se estivesse fazendo compras em qualquer loja de shopping.

Cédulas fictícias de R$ 50 para gastar com as roupas na loja. Foto: reprodução.