A necessidade de produzir um jeans sustentável

O debate sobre os caminhos para tornar a moda mais sustentável está cada vez mais presente no nosso cotidiano. Em todos os níveis, dos produtores aos consumidores finais, as pessoas estão buscando formas de evitar o desperdício, combater o trabalho em condições degradantes e diminuir o impacto da produção de roupas no meio ambiente.

Entre as peças mais usadas no dia a dia, o jeans é um dos tecidos mais poluentes. O jeans tradicional é feito principalmente de algodão, uma fibra que, para ser fabricada, utiliza milhares de litros de água e uma grande quantidade de pesticidas. Além disso, o método clássico de tingimento do jeans é extremamente poluente e vem causando danos irreparáveis à natureza em países em desenvolvimento onde esse material é fabricado.

Sede da empresa espanhola Jeanologia, que trabalha por um jeans sustentável. Foto Divulgação
Sede da empresa espanhola Jeanologia, que trabalha por um jeans sustentável. Foto Divulgação

Para diminuir esse impacto, muitas marcas nacionais e internacionais estão buscando alternativas para produzir um jeans sustentável, seja diminuindo o uso de água na produção ou buscando novos tecidos que substituam o jeans oferecendo a mesma versatilidade.

O Brasil possui o programa de certificação Algodão Brasileiro Responsável, da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), lançado em 2012 para promover uma produção mais sustentável. Segundo a associação, atualmente 81% do algodão produzido no país é considerado sustentável pela certificação, praticando o uso racional de água e investindo em boas práticas de redução de impacto ao meio ambiente.

Na Espanha, a empresa Jeanologia investe pesado no desenvolvimento de tecnologias que possibilitam a produção de roupas com uma redução significativa no impacto ambiental. Utilizando laser e ozônio em parceria com grandes marcas, a empresa veio a público este ano afirmar que, até 2025, será capaz de zerar o uso de água na produção de jeans em todo o mundo.

Entre as marcas que já trabalham com tecnologias da Jeanologia estãp Levi’s, Diesel, Gap, Polo Jeans e Abercrombie & Fitch.

Leia também:

Grife suíça lança linha de roupas 100% biodegradável