Presos transformam bicicletas em cadeiras de rodas

Com foco no aprendizado de novos ofícios, os detentos do Presídio de Itajubá, em Minas Gerais, realizam trabalho com cunho social, em troca de redução de pena.

Entre todas as atividades realizadas – como a revitalização de brinquedos de praças e de escolas públicas e a preparação de comida no restaurante popular da cidade, os detentos também transformam bicicletas em cadeiras de rodas para pessoas que não podem pagar pelo produto.

Trabalho de detentos é transformado em ajuda para a comunidade de Itajubá.
Trabalho de detentos é transformado em ajuda para a comunidade de Itajubá. Foto: Pixabay

As bicicletas utilizadas como matéria prima são fruto de apreensões executadas pela guarda municipal e a transformação em cadeiras de rodas se faz por meio de uma máquina de solda profissional, doada ao presídio pela fabricante de helicópteros Helibras.

Desde que o projeto começou 300 bicicletas já viraram cadeiras de rodas para crianças e adultos. E a melhor parte é a recompensa: os prisioneiros têm o dever de entregar as cadeiras pessoalmente aos beneficiados.