Projeto de incentivo à leitura ganha prêmio

Criado pela ONG Casa da Árvore, o projeto “E se eu fosse o autor?” ganhou um novo incentivo para continuar a transformar a vida de estudantes de escolas públicas brasileiras. Com o objetivo de incentivar crianças e jovens a escrever e se expressar pela literatura, o programa venceu a 16ª edição do Prêmio Péter Murányi – Educação.

Além de ganhar um troféu e o certificado de reconhecimento público, o projeto receberá um aporte de R$ 200 mil, que servirá de auxílio para dar continuidade às ações que já impactou as vidas de mais de mil crianças e adolescentes de 60 escolas públicas de quatro estados brasileiros.

Entre as práticas do “E se eu fosse o autor?” estão atividades educativas que exploram ao máximo a leitura e a escrita por meio de outras linguagens além dos livros, como vídeos e textos online – aproximando a atual geração da literatura por meio das mídias digitais.

De acordo com dados do projeto, entre 2013 e 2014 os estudantes tiveram um aumento considerável de leitura de livros, tendo 50% dos participantes devorado entre cinco e sete obras em três meses.