Projeto incentiva leitura doando livros em trens e metrôs

Criado pelo desenvolvedor de sistemas Fernando Tremonti, o projeto Leitura no Vagão tem como principal objetivo fazer com que usuários de transportes públicos, como trens, ônibus e metrôs, desliguem seus smartphones e abram um livro.

Livros sobre assentos de metrô
Livros deixados em bancos do metrô de São Paulo. Foto de divulgação.

Para isso, voluntários ligados ao projeto espalham livros de forma aleatória, com o intuito que, depois de lidos, os mesmos sejam devolvidos para onde foram encontrados – um gesto que incentiva mais pessoas a entrar em contato com o universo da literatura.

Apoiado por uma rede de voluntários, a iniciativa, que começou em São Paulo, já se expandiu para o Rio de Janeiro, Distrito Federal e até Santiago, no Chile. Além de contar com obras de grandes editoras, o projeto também divulga novos autores independentes, convidando-os a ver suas obras publicadas.

equipe do Leitura no Vagão na porta do metrô Consolação
Voluntários do projeto Leitura no Vagão em ação no metrô de São Paulo. Foto de divulgação.

Porém, para que mais obras sejam deixadas diariamente o Leitura no Vagão precisa de doações. Para saber mais sobre essa ideia transformadora e ajudar a mantê-la viva basta entrar em contato pelo e-mail:  contato@leituranovagao.com.