Projeto transforma jovens de baixa renda em chefs de cozinha

Lançado em 2015, o Projeto Chefe Aprendiz está capacitando jovens de famílias de baixa renda, moradores da periferia de São Paulo, para trabalhar em cozinhas profissionais.

O projeto foi criado pela cientista política Beatriz Mansberger e saiu do papel graças a uma campanha de financiamento coletivo. Depois de capacitar jovens do bairro de Paraisópolis e do Campo Limpo, este ano a iniciativa chegou à sua terceira edição escolhendo aprendizes da região do Glicério.

Com duração de três meses, o Chefe Aprendiz atende 16 alunos por edição, todos com idade entre 16 e 19 anos. As aulas, teóricas e práticas, abordam temas variados como panificação, confeitaria, cozinha típicas (como árabe e japonesa), além de alimentação saudável e sustentabilidade.

No final do curso, os jovens participam de uma competição na qual preparam um menu completo para chefs profissionais e donos de restaurantes, que acabam oferecendo empregos a parte dos formandos.

Para saber mais acesse o site oficial www.chefeaprendiz.com.br.