Restaurante em Madri oferece jantar para moradores de rua

Quem conhece a história de Robin Hood, o famoso ladrão inglês que ficou conhecido por roubar dos ricos para dar aos pobres, vai entender a razão de o nome ter sido utilizado para batizar um pitoresco restaurante em Madri, na Espanha.

Inaugurado em dezembro do ano passado por Ángel García Rodríguez, o estabelecimento tem como premissa servir o café da manhã e o almoço para clientes que têm condições de pagar pelas refeições, pedindo a eles que contribuam para bancar o jantar de alguém que não possui a mesma sorte.

No fim do dia, o Robin Hood atende aproximadamente 100 moradores de rua, com direito até a taças de cristais, sem que ninguém precise pagar a conta.

Ángel García Rodríguez em frente ao restaurante Robin Hood, em Madri.
Ángel García Rodríguez em frente ao restaurante Robin Hood, em Madri. Foto: reprodução.

O restaurante, que integra a ONG Mensageiros da Paz, fundada por Angel há 54 anos, é parte de um projeto que visa minimizar a recessão de empregos do país, que atualmente sofre com uma taxa de 20% de desempregados.

Para o bom samaritano, todos têm o direito de receber o mesmo alimento e dignidade para fazer uma refeição.

Apesar de novo, o Robin Hood integra uma lista de iniciativas semelhantes espalhadas pelo mundo. É o caso da Itália, onde estabelecimentos que doam comida aos sem-teto têm redução de impostos, e de Nova York, onde é possível deixar pago um pedaço de pizza para pessoas sem condições de pagá-lo.

Ángel García Rodríguez conversa com moradores de rua durante o jantar. Foto: reprodução.