Cultura de tribo indígena é preservada em game

Existem muitas maneiras de preservação da cultura de povos indígenas, mas a tribo Kaxinawá, também conhecida como Huni Kuin, do Acre, conseguiu inovar. Unidos a uma equipe formada por programadores, artistas e antropólogos, seus integrantes desenvolveram um jogo de videogame para manter suas tradições vivas.

Batizado de “Huni Kuin: os caminhos da jiboia”, o game possui cinco fases em que o jogador é imerso no universo desse povo, mais precisamente em cinco histórias antigas até então transmitidas de forma oral.

Integrantes da tribo Huni Kuin posam com os responsáveis pelo jogo.
Integrantes da tribo Huni Kuin posam com os responsáveis pelo jogo. Foto de divulgação.

Disponível para download de forma gratuita para as plataformas PC e Mac, o jogo dos Huni Kuin, em estilo 2D (o mesmo que consagrou personagens como Super Mario e Sonic), conta tramas como a aventura de um casal de gêmeos concebidos pela jiboia Yube em sonhos – que acabou herdando poderes especiais.

A meta é disseminar a cultura da tribo entre pessoas de todo o mundo, principalmente os mais jovens, mantendo vivas suas tradições milenares.