Designers usam garrafas PET para produzir roupas de banho

A americana Heather Kaye trabalhou durante anos como designer de roupas tradicionais até que uma mudança de vida a tirou de Nova York e a levou para morar na China. Lá, tentando encontrar um ramo pouco explorado para empreender e cansada de ver a grande quantidade de lixo e resíduos produzidos pela indústria da moda, Heather se uniu à indiana Itee Soni e descobriu que poderia produzir roupas de banho e capas de chuva de qualidade utilizando apenas garrafas PET.

Kaye e Soni fundaram a Finch Designs em 2010. Unindo a vasta experiência de ambas na indústria da moda, da pesquisa de materiais ao design de estampas e peças, elas perceberam um nicho de mercado pouco explorado no mercado local: o das capas de chuva.

Capas de chuva feitas a partir de material reciclado
Capas de chuva da Finch Designs. Foto de divulgação

Os chineses andam muito de bicicleta mesmo quando chove, por isso usam grandes capas de chuva para se proteger. A dupla de empreendedoras percebeu, no entanto, que todas as peças eram iguais, sem cores ou estampas diferentes, e decidiram deixar esses itens mais divertidos.

Heather conta que a ideia de desenvolver roupas com a reciclagem de garrafas PET surgiu quando descobriu que esse plástico possui a mesma estrutura do nylon e do poliéster. Com isso, além de criar capas de chuva, a dupla levou adiante seu projeto e começou a produzir também roupas esportivas e de banho.

Hoje maiôs e biquínis para adultos e crianças são as linhas mais importantes da Finch Designs. Além de utilizar o material reciclado, as empresárias afirmam ter controle total sobre quem fabrica suas peças, para garantir que todo o trabalho é feito em condições adequadas, sem a exploração de mão-de-obra, que é comum na indústria da moda.

As roupas da marca estão à venda pelo site www.finchdesigns.com.