Museu do Amanhã: reflexão sobre escassez e excesso de água

O Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, abre espaço durante todo o mês de julho a uma exposição sobre a crise hídrica. A mostra chamada “Da abundância à escassez” reúne imagens de 12 fotógrafos sobre as belezas hídricas do Brasil e os problemas associados a elas.

As 37 fotografias reunidas mostram a realidade em várias partes do país, destacando contradições como as enchentes em centros urbanos e a seca no sertão. As imagens inspiram o visitante a refletir sobre temas como seca e poluição das águas.

Saiba mais no site oficial www.museudoamanha.org.br.