Como evitar o desaparecimento das abelhas com atitudes simples

Engana-se quem pensa que as abelhas só servem para fazer mel. A importância desses insetos voadores é incrivelmente maior que isso. É graças às abelhas que podemos usufruir em abundância de alimentos como morango, amêndoas, maçãs, mangas, tomates – só para citar alguns exemplos.

Isso ocorre porque as abelhas são responsáveis por polinizar a maior parte das plantas que existem no planeta. E é por meio desse processo que os grãos de pólen são transferidos da parte masculina para a feminina da planta – resultando nas criação das sementes que originam as frutas e os legumes que vão parar na nossa mesa.

Além disso, as abelhas atuam de maneira fundamental em plantas utilizadas na produção de biocombustíveis, remédios e fibras, como o algodão. Isso sem contar na preservação de ecossistemas vitais à preservação dos recursos hídricos.

Mas por que deveríamos nos preocupar? A razão ainda é um mistério, mas nos últimos anos as populações de abelhas da Europa e América do Norte têm diminuído por conta de um fenômeno batizado de “desordem de colapso das colônias”, em que as operárias somem das colmeias sem causa aparente.

Sem a polinização promovida pelas abelhas a perda de alimentos seria gritante. Foto: Pixabay.

A destruição de seu habitat natural, mudanças climáticas e práticas agrícolas desbalanceadas, como o uso inadequado de pesticidas, são algumas das possíveis causas apontadas por cientistas.

Cientes de que o desaparecimento das abelhas provocaria um efeito em cascata, em que a ausência de sementes resultaria, em última instância, no fim de pastos, frutas e animais que se alimentam delas, é importante conscientizar a população sobre como ajudar a impedir que isso ocorra.

Plantar flores em diferentes vasos, não utilizar produtos químicos ou inseticidas e permitir que flores silvestres e ervas daninhas cresçam no jardim são atitudes simples que fazem a diferença.

Já quem tiver mais força de vontade pode construir uma casinha para abelhas e até, em última instância, aderir à apicultura. O importante é perder o medo desses insetos, pois eles vão evitar ao máximo picá-lo, afinal, se o fizerem morrerão. Por isso, não é preciso matar a abelha que pousa em você. Fique calmo e ela logo irá embora.