Embraer e Boeing testam uso de biocombustível em aviões

Duas das maiores fabricantes de avião do mundo se uniram para testar o uso de biocombustíveis na aviação. De olho no futuro, a Embraer e a Boeing estão trabalhando em conjunto para desenvolver motores movidos unicamente a bioquerosene de cana de açúcar, substituindo o uso de querosene fóssil.

Os testes estão sendo realizados em uma aeronave da Embraer no Centro Conjunto de Pesquisa em Biocombustíveis Sustentáveis para a Aviação, no Parque Tecnológico de São José dos Campos.

As fabricantes acreditam que será possível, a longo prazo, realizar voos comerciais usando apenas biocombustível. A mudança de combustível pode significar uma diminuição de 50% a 80% na emissão de carbono.