Especialista dedica a vida a produzir próteses para animais

O egenheiro americano Derrick Campana trabalhava atendendo pessoas quando foi procurado por um veterinário com um pedido especial: fazer uma prótese para seu cachorro. A encomenda inusitada abriu caminho para a descoberta de sua verdadeira vocação e, 13 anos depois,  ele se tornou o mais famoso especialista em próteses para animais do mundo.

Derrick Campana se tornou o maior especialista do mundo em próteses para animais. Foto Reprodução
Derrick Campana se tornou o maior especialista do mundo em próteses para animais. Foto Reprodução

Cães, gatos, pássaros, lhamas, cavalos, cabras e até um elefante já passaram pelos cuidados de Derrick. Com a experiência adquirida produzindo próteses humanas, ele produz peças para animais que perderam um membro ou nasceram com problemas nas patas para ajudá-los a voltar a andar.

Campana produz as próteses para animais com plástico, ao contrário da fibra de carbono empregada nas próteses humanas. Para ele, a escolha desse material é importante para baixar o custo do material e tornar a solução mais acessível para um número cada vez maior de animais.

Seu maior trabalho até hoje foi a preparação de uma prótese para um elefante da Tailândia, que perdeu uma das patas ao pisar em uma mina terrestre. Para realizar o trabalho, o especialista viajou até o país para fazer o molde pessoalmente.

Além de dar a esse elefante a chance de recuperar a mobilidade e a vida normal, Campana realizou uma campanha para arrecadar fundos para ajudar outros elefantes da região.

A cadela Chi Chi ganhou quatro próteses produzidas por Derrick Campana
A cadela Chi Chi ganhou quatro próteses produzidas por Derrick Campana. Foto Reprodução Instagram

Para realizar seu trabalho, Derrick abriu a clínica Animal Ortho Care, no estado americano da Virginia, onde ele produz próteses e outros dispositivos ortopédicos. Para conseguir uma peça para um animal, veterinários de várias partes do mundo tiram o molde do seu paciente e enviam para Derrick, que então produz a peça e envia de volta a seu destino.

Atualmente, a sua clínica produz cerca de 200 peças por mês, que custam de 500 dólares a 1.200 dólares cada.

Para ele, é extremamente gratificante ver um animal voltar a andar e ver seus donos se emocionarem com esses momentos. “É a melhor carreira do mundo”, diz.

Leia também:

Brasileiros ganham prêmio por pesquisas contra testes em animais