Crochetando solidariedade

Um grupo de amigas de Petrópolis, região serrana do Rio, adaptou o velho ditado “de grão em grão a galinha enche o papo” e criou o próprio dizer: “de quadrado em quadrado a gente faz uma manta”.

Durante uma aula de crochê, as 4 amigas tiveram a ideia de fazer mantas para aquecer idosos carentes com alegria no próximo inverno. E logo surgiu uma iniciativa ainda melhor: “Vamos fazer disso uma campanha de solidariedade e mostrar que, se cada um fizer um pouco, tudo fica mais fácil e mais divertido.”

As Crocheamigas mostrando os primeiros quadrados feitos
As Crochemigas mostrando os primeiros quadrados feitos

Pensando na importância de redes de solidariedade, elas começaram a pedir às amigas que enviassem um quadrado de crochê de 20 x 20 cm para um caixa postal no centro da cidade.

quadradinhos de crochê doados para virarem mantas

 

E rapidamente, o projeto cresceu. Várias crocheteiras se animaram a participar da campanha, a mandar quadrados e logo elas começaram a costurar as primeiras mantas.

manta de crochê do projeto das Crochemigas

 

“Sabemos que é algo trabalhoso, mas a ideia é, acima de tudo, mostrar do que a solidariedade é capaz,” diz a artista plástica Renata Gam, professora de crochê do grupo.

pedaço de uma das mantas de crochê

 

“Quem não sabe crochetar, pode ajudar doando lãs para o projeto. Quem não pode doar lãs, pode nos ajudar a divulgar. Para que uma sociedade funcione, cada um tem que fazer a sua parte, do jeito que pode”,  completa Marcia Coelho Netto, amiga e aluna de Renata.

O grupo, que se autointitula Crochemigas, explica que, de preferência, os quadradinhos devem ser feitos com agulha de crochê número 4. E para quem quer aprender esta técnica de artesanato, Renata dá aulas pela página no Facebook: crochemigas

detalhe de mãos com agulha de crochê

 

Cada quadradinho fica mais lindo do que o outro. E, quando juntos, ficam ainda mais bonitos, porque expressam a força do trabalho comunitário.

As Crochemigas mostram, orgulhosas, uma das primeiras mantas a ficarem prontas do projeto de solidariedade
As Crochemigas mostram, orgulhosas, uma das primeiras mantas a ficarem prontas

Se você se anima a participar da campanha, fica aqui o endereço para entrega dos quadradinhos. Mãos a obra!

Rua do Imperador, 350 Caixa Postal 90317

Centro de Petrópolis, RJ

CEP: 25620-971

Leia também:

http://mudatudo.com.br/atitude-que-muda/artista-sueca-cobre-casas-com-croche-rosa-em-nome-dos-refugiados/