Robô feminista virtual incentiva debate sobre direitos das mulheres

Com o objetivo de divulgar informações, unir pessoas e promover mais debates sobre os direitos das mulheres, um grupo criou no Facebook uma robô virtual feminista. Chamada de Beta (ou Betânia), a robô interage com pessoas reais através do aplicativo de conversa da rede social e envia alertas sobre assuntos importantes relacionados ao tema, para quem quiser se manter informado.

Em sua página oficial, Beta afirma ter sido programada para viralizar causas feministas nas redes sociais, “ajudar a construir um mundo mais justo, livre e igual para as mulheres” e reconfigurar um sistema que é programado prioritariamente por homens e para homens.

Beta é criação do grupo Nossas, uma organização sem fins lucrativos que se define como um laboratório de ativismo e tem o feminismo como uma de suas bandeiras, mas não a única.

mão segura telefone celular que mostra chat do Beta
Beta conversa com seguidores pelo chat do Facebook. Foto divulgação

A robe é uma chatbot, um programa capaz de conduzir uma conversa simulando uma interação real entre pessoas – ou seja, um chat automático. Muito usado atualmente por empresas como uma forma de relacionamento com o cliente, o chatbot é uma tecnologia que vem sendo aperfeiçoada e possui um potencial ainda pouco explorado em outras áreas.

Entenda mais sobre o que é um chatbot ou chatterbot

A principal função da Beta é monitorar pautas relativas aos direitos das mulheres que estejam tramitando em Brasília, seja no Congresso, no Poder Executivo ou mesmo no Judiciário. Quando uma dessas pautas for colocada em votação, a Beta envia alertas para seus seguidores com informações e convidando à mobilização.

Ao iniciar uma conversa, Beta se apresenta e explica suas intenções:

“Vim ao mundo justamente pra te ajudar a barrar os retrocessos e tocar pra frente causas feministas”

Depois que ela introduz as informações gerais sobre seu funcionamento e suas causas, é possível fazer perguntas e a interação inclui informações, dados nacionais e até gifs e emoticons.

Além do chat, a página da Beta tem atualização frequente e traz postagens sobre notícias e pesquisas, links para vídeos ou reportagens relacionadas ao feminismo. No ar desde agosto de 2017, a página tem mais de 23 mil curtidas.

Mais sobre tecnologia no Muda Tudo:

https://mudatudo.com.br/atitude-que-muda/brasil-tem-melhor-aplicativo-social-mundo-segundo-onu/