Médica muda vida de paciente com simples gentileza

Esta vai para a série de bons exemplos. A médica Tainá Ruas divulgou em sua página do Facebook um relato que mostra como pouco pode significar muito e impactar de forma positiva a vida de outra pessoa.

Durante uma visita domiciliar a uma idosa usuária do programa federal HiperDia, que acompanha casos de pacientes que sofrem de hipertensão ou diabetes, ela percebeu que a senhora estava com o nível de açúcar e pressão descontrolados.

Conversando um pouco mais com a paciente, ela descobriu que a senhora estava passando por problemas pessoais e, muitas vezes, deixava de tomar os remédios certos nas horas corretas. Ciente dessa questão, Tainá teve uma ideia bem simples e transformadora: foi a uma loja de vasilhas de plástico e selecionou algumas para colocar os remédios da idosa.

Em cada caixinha ela escreveu legendas detalhadas indicando o horário para que eles fossem tomados, com direito a ilustrações e tudo mais. E a mudança fez efeito. Na visita seguinte, a melhora já era notável.

caixinhas plásticas com etiquetas indicando horário certo de tomar remédios: ideia de uma médica muito gentil
As caixinhas com etiquetas feitas por Tainá. Foto: reprodução.

“É pouco, mas é o que me encanta nessa tal ‘medicina centrada na pessoa’. Adequar o saber ao que é acessível e compreensível para cada sujeito”, escreveu ela na rede social.

O site Wikihow dá várias dicas para você não se esquecer de seus remédios

“A ideia da caixinha com legenda foi a adaptação de uma receita médica que vi outro dia aqui no Facebook. Na receita a médica desenhava o formato dos remédios e colou um exemplo de cada um no papel, para que a paciente não fizesse confusão e o tratamento tivesse mais adesão. Parece besteira, mas boas intenções/ideias geram novas boas intenções e ideias”, encerrou.

Muito bacana, né? Viu como pequenas atitudes em relação a terceiros podem gerar grandes mudanças?

Veja ainda no Muda Tudo:

http://mudatudo.com.br/atitude-que-muda/projeto-une-universitarios-sem-moradia-e-idoso-solitarios/

http://mudatudo.com.br/atitude-que-muda/idosos-criam-condominios-para-envelhecer-juntos/