“Não comprem nada”, diz a estilista Vivienne Westwood

Conhecida como a primeira-dama do punk inglês, a estilista Vivienne Westwood fez um apelo aos
consumidores para que “não comprem nada” – um avanço no seu antigo ditado sustentável, que
pregava o “compre menos, escolha melhor e faça durar”.

A nova mentalidade foi divulgada durante sua passagem pelo festival de moda e cultura Bread &
Butter, em Berlim, patrocinado pela marca Zalando. Lá, a designer de moda bateu na tecla do
consumo consciente, dizendo aos presentes para não comprarem nada nessa temporada.

“Se você quer ser ousado, precisa fazer uma escolha. E ao menos 50% das pessoas nunca fizeram
uma escolha ou tomaram uma decisão na vida. Eles apenas seguem seus impulsos e consomem
opiniões, McDonald’s, o que for”, disse Vivienne.

A estilista britânica Vivienne Westwood: “Não comprem nada”. Foto divulgação.

De acordo com ela, “comprar menos e escolher qualidade” permite que os estilistas façam uma
moda melhor e “não apenas perseguirem interesses comerciais ou de marketing“. E vale lembrar
que tudo o que ela disse tem base nas previsões de impactos ambientais do Global Fashion
Agenda e do Boston Consulting Group.

Ambos apontaram que a indústria da moda deve enfrentar um enorme desafio nos próximos 15 anos,
momento em que o consumo de roupas deverá subir 63% e chegar a números de produção na casa das
500 bilhões de camisetas.