Holanda ganha supermercado com corredor sem plástico

A cadeia de supermercados Ekoplaza, da Holanda, inaugurou o primeiro supermercado com corredor sem plástico do mundo. Na loja que lançou o conceito, localizada em Amsterdã, todas as prateleiras dessa seção especial são ocupadas por produtos embalados de forma alternativa.

A iniciativa foi desenvolvida pela rede Ekoplaza em parceria com a organização britânica A Plastic Planet e tem como objetivo diminuir o uso de plástico nas embalagens para a indústria alimentícia, apresentar opções e aumentar a conscientização sobre o tema.

A cadeia de supermercados Ekoplaza, da Holanda, inaugurou o primeiro corredor sem plástico do mundo.
A cadeia de supermercados Ekoplaza, da Holanda, inaugurou o primeiro corredor sem plástico do mundo. Foto Divulgação

A seção, inaugurada no início de 2018, reúne mais de 700 produtos sem nenhum tipo de plástico em suas embalagens ou etiquetas. No local é possível comprar itens como carnes, laticínios, frutas, verduras, legumes, cereais e chocolates.

Os produtos disponíveis são acondicionados em vidro, metal, papel resistente e outros materiais biodegradáveis, que ainda são novidade no mercado. Essa loja servirá como teste para o modelo de corredor sem plástico e também para essas novas embalagens alternativas.

“Sabemos que nossos clientes estão cansados de produtos embalados com camadas e mais camadas de plástico grosso”, afirma Erik Does, porta-voz da rede Ekoplaza, em entrevista ao jornal The Guardian. Se o projeto for bem-sucedido, a cadeia pretende implementar um corredor sem plástico em todas as suas lojas até o final do ano.

Produtos à venda no mercado Ekoplaza, da Holanda, que terá corredor totalmente sem plástico.
Produtos à venda no mercado Ekoplaza, da Holanda, que terá corredor totalmente sem plástico. Foto Divulgação

Essa iniciativa corajosa da Ekoplaza surge no momento em que todo o mundo busca soluções para substituir a grande quantidade de plástico descartada diariamente, muitas vezes em itens que foram usados apenas uma vez, como garrafas de água e copos e talheres descartáveis.

Após a inauguração na Holanda, o grupo A Plastic Planet tem pressionado o governo e os mercados britânicos a adotar medidas semelhantes.

Estudiosos apontam que não se deve confiar na reciclagem para resolver o problema do plástico e que a saída é diminuir radicalmente o uso desse material. Segundo dados de organizações da Europa, apenas 6% da demanda de plástico do continente é suprida por material reciclado.

Leia também:

Londres faz campanha contra garrafas de plástico